Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias AG Teixeira


Lucrativa, Canola ganha espaço no inverno

A cultura da Canola foi á cultura de inverno que mais trouxe resultado ao produtor nesta safra 12/12. Apesar da estiagem prolongada em algumas regiões chegando a 60 dias sem chuvas, confirmando sua rusticidade os produtores de Canola comemoram os resultados obtidos com a Cultura, com uma média de produtividade de 1.500 kg p/ha e um custo de 600 kg p/há.  Lembramos que vários produtores colheram mais de 2.200 kg/há. Mostrando que em breve poderemos  chegar nas médias mundiais que são de 4.500 p/há.

Com sede em Candói PR o Grupo AGTeixeira, fomentou nesta safra através de parcerias com Empresas e Produtores 11.000 há nos estados PR, MS e SP. O Grupo AGTeixeira, adquire toda a produção através de contrato com preços pré-fixados onde a extração de óleo e farelo é realizada em sua indústria em Candói Pr. Para os próximos anos a cultura terá um aumento de área constante, baseando-se em cinco pontos principais: 1)Dificuldade em produzir e comercializar outras culturas de inverno com altos custos de produção. 2)Rentabilidade em áreas que ficam somente com coberturas, aguardando outras culturas principalmente milho. 3)Aumento de produtividade das próximas culturas. 4)Baixo investimento.5) Garantia de compra.

Paulo Tetsuo Ouchi produtor em São Sebastião da Amoreira Pr, (próximo a Cornélio Procópio–Pr) apostou na cultura pela primeira vez e colheu 1.685 kg p/há, ele lembra que facilidade de comercialização, custo de produção reduzido, fácil manejo e benefícios agronômicos no sistema de rotação de culturas, fazem da Canola uma alternativa de cultivo de inverno cada vez mais procurada pelos produtores ele afirma que a área a ser plantada na safra 2013 será aumentada. O Engenheiro Agrônomo, Fernando Eiji Nonomura, que da assistência ao produtor disse que o custo da lavoura ficou em  768 kg p/há, o mesmo fez questão de lembrar que o produtor fez investimento bastante alto pensando no residual que irá deixar para cultura do milho.

Helmuth Mila, produtor em Candói-Pr, plantou 101 há da cultura obtendo uma produção de 1.580 kg p/há, Helmuth afirma que a cultura é rentável e com bom potencial, ele ressalta que além dos ganhos diretos a cultura trás ganhos significativos as culturas subsequentes, caso específico do milho que nesta safra obteve ganho de 1.100 kg p/há em comparação ao milho produzido pós outras culturas de inverno.

O presidente da Associação Paranaense de Produtores de Canola (APR CANOLA) Geovani de Col Teixeira é produtor da oleaginosa há seis anos em Candói, Cantagalo Pr e Itaquiraí no MS, a área de 1.100 ha já foi colhida e a estimativa é de um rendimento de 1.500 kg/ha. “Com o preço baseado na soja, a rentabilidade foi acima do esperado, melhor do que a do trigo, comecei com 50 ha, mas fui aumentando a área ao ver o desempenho da lavoura e também pelos ganhos indiretos na produtividade das culturas subsequentes, comenta. 

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player